Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

STS10 – Arrendamento de terminal para movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas no Porto de Santos/SP

STS10 – Arrendamento de terminal para movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas no Porto de Santos/SP 

Home > Projetos > STS10 – Arrendamento de terminal para movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas no Porto de Santos/SP

Andamento do projeto

Estudos

Consulta Pública

Acórdão TCU

Edital

Leilão

Contrato

08/03/2022
21/04/2022
3º trimestre de 2022
4º trimestre de 2022
1º trimestre de 2023
2º trimestre de 2023
  • Concluído
  • Em andamento
  • A realizar
  • CLASSIFICAÇÃO POR REUNIÃO

    16ª Reunião

  • SETOR

    Portos

  • TIPO DE ATIVO

    Ativo Existente

  • Status do Projeto

    Em andamento

  • MODELO

    Arrendamento

  • TIPO DE INICIATIVA

    Estatal

  • UF

    SP

  • CAPACIDADE

    2,3 milhões TEU/ano (capacidade dinâmica anual total). Área de 601.101 m² (após implementação)

  • INVESTIMENTO CAPEX

    R$ 3,285 bilhões

Informações do projeto

A área a que se refere o terminal STS10 está localizada na região do Saboó, na margem direita do Porto de Santos e prevê a movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas. O projeto foi qualificado no PPI por meio da Resolução CPPI nº 172, de 27 de abril de 2021, que deu origem ao Decreto nº 10.743, de 08 de julho de 2021.

O transporte de mercadorias por meio de contêineres caracteriza-se por ser amplamente utilizado no transporte de produtos industrializados, de alto valor agregado. Acerca da demanda por esse tipo de carga, ressalta-se que o principal determinante de seu crescimento está relacionado à elevação da renda das regiões e países compradores, bem como questões relativas à oferta de serviços por partes dos terminais portuários. Santos apresenta-se como o maior Complexo Portuário brasileiro na movimentação de cargas conteneirizadas, correspondendo a 36,7% da movimentação de contêineres no País em 2020.

Atualmente, a área possui aproximadamente 423 mil metros quadrados e 1,3 km de cais. A futura área do terminal STS10 agrega as áreas da região do Saboó e acrescenta a expansão de pátio até a nova estrutura de cais, que será construída na anteguarda do cais atualmente existente, avançando o terminal na direção norte e, após a implementação das mudanças, o novo terminal terá uma área total de cerca de 601.101 metros quadrados.

Os investimentos previstos abrangem, dentre outros: (i) a construção de cais de atracação com extensão total de 1.209 metros lineares, com correspondentes equipamentos e subsistemas necessários para adequado atendimento de no mínimo 3 navios da classe New Panamax e com estrutura compatível para profundidade de dragagem de –17m;  (ii) dragagem de aprofundamento nas áreas dos berços de atracação; (iii) investimento no desenvolvimento do terminal, com vista a implementação de pátio de contêineres, construção de retroárea e execução de outras melhorias na área do arrendamento; (iv) aquisição de novos equipamentos; e (v) investimento fora da área do arrendamento para realocação da Estação de Tratamento de Água atualmente existente para área contígua ao terminal.

Após os investimentos previstos, a partir do ano de 2028 o terminal STS10 alcançará a capacidade estática de armazenagem de 59.040 TEU e capacidade dinâmica anual de cais de 2.320.000 TEU.

  • Situação atual do projeto

    A Consulta Pública está aberta até 21/04/2022.

    A Audiência Pública será realizada no dia 19/04/2022, às 10h. Toda a sessão virtual será transmitida via streaming a toda a Internet, gravada e disponibilizada no canal da ANTAQ no "Youtube".

     

    ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/07/2022

Galeria

STS 10

STS 10

Ver outros projetos

  • Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (CEITEC)

    Veja Projeto
  • Usina Hidrelétrica - Jaguara

    Veja Projeto
Acesso à Informação