Seu navegador não suporta javascript!

COMUNICADO!

Devido a restrições impostas pela legislação eleitoral e pela jurisprudência da justiça eleitoral, a partir do dia 2 de julho, este portal será temporariamente desativado.

Acesse o portal da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos no ambiente GOV.BR

Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos do Ministério da EconomiaSecretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos do Ministério da Economia

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Garantias Públicas

A estruturação de garantias em projetos de concessões e parcerias público-privadas é uma etapa crítica do processo de modelagem econômico-financeira. Nesse sentido, com o objetivo de conceder garantias públicas estruturadas perante riscos não cobertos pelo mercado, foi criado o Fundo Garantidor de Infraestrutura – FGIE, conforme estabelece a Lei no 12.712/2012. Posteriormente a Lei n13.529/17 possibilitou ao FGIE oferecer garantias também para projetos resultantes de parceria público-privada dos Estados, Distrito Federal e Municípios.

O FGIE pode cobrir riscos de natureza política, econômica, de crédito e contratual. O fundo tem natureza privada e patrimônio próprio, segregado do patrimônio dos cotistas e da Administradora, e está sujeito a direitos e a obrigações específicos.

A Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias S.A. - ABGF é a empresa administradora do FGIE encarregada de desenvolver produtos de garantias públicas para riscos não cobertos pelo mercado segurador e ressegurador.

Para atender às demandas dos governos e do mercado para a estruturação de garantias públicas em projetos de concessões e parcerias, o FGIE poderá oferecer:

  1. cobertura de risco de descumprimento de obrigações pecuniárias assumidas pelo parceiro público em contrato de parceria público-privada – PPP, nos âmbitos Federal, Estadual, do Distrito Federal e Municipal;
  2. cobertura direta de risco de crédito em contratos relacionados exclusivamente à captação de recursos externos via emissão de debêntures para apoiar projetos em infraestrutura no Brasil;
  3. garantia de risco de crédito para projetos privados considerados prioritários pelo Governo Federal; e
  4. cobertura de Contraprestação em projetos de infraestrutura em contratos “Built to suit” ou de “Locação sob Medida”.

Mais informações sobre o Fundo Garantidor de Infraestrutura e a ABGF

 

Acesso à Informação